BUENOS AIRES: RAIO X - TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER

Está planejando sua viagem para Buenos Aires? Então vamos ao raio x da cidade, com as principais perguntas e respostas que vão te ajudar a planejar sua trip!

A G. V. - Layout das fotos.png

1- Preciso de visto, passaporte ou vacina específica para ir para a Argentina?

 

Não! Em razão de Argentina e Brasil fazerem parte do Mercosul- Mercado Comum do Sul, basta um RG válido com uma foto atual. Entretanto, se tens passaporte e prefere usá-lo, os agentes da imigração o carimbam na entrada e saída do aeroporto.

A Argentina não exige nenhuma vacina específica para que você tenha acesso ao país. Mas, atenção, se você comprar uma passagem com conexão no Paraguai, é obrigatório ter o certificado internacional de vacinação com a vacina da febre amarela para embarcar desde o Brasil. Por isso, cuidado para não ser impedido de embarcar e tenha bastante atenção ao reservar suas passagens.

2. Onde ficar hospedado?

 

Os bairros mais recomendados são a Recoleta, Palermo e no Centro, próximo a Plaza de Mayo, pois a maioria das atrações de BA estão nessas regiões. Entretanto, vi boas recomendações sobre o bairro do Retiro em diversos blogs de viagem. Eu fiquei na região de Abasto, paguei R$ 89 na diária do apartamento via Airbnb e adorei, apesar de cidadãos locais afirmarem não ser a melhor região para os turistas.

 

3. Qual a moeda da Argentina? Posso levar reais para realizar o câmbio?

 

 A moeda se chama peso argentino, e você pode trazer reais para realizar a compra da moeda argentina em Buenos Aires. Na época da minha viagem, a cotação atual estava variando entre $13,50 a $18 pesos. Em geral, depende do local onde você fará o câmbio. Eu fiz a maior parte do câmbio com a cotação em $17 pesos e foi uma das melhores cotações que achei na cidade.

É muito importante que você tenha cuidado com os golpes das moedas falsas, pois como não temos familiaridade com a moeda argentina, golpistas podem se aproveitar disso para nos repassar cédulas falsas. Por isso, só troque seu dinheiro com profissionais habilitados e em locais seguros e confiáveis.

9.png

4. Quais atrações não posso perder?

 

Os passeios que mais gostei sem dúvida foram a visita interna a Casa Rosada (agendada previamente pelo site oficial, explico tudo no post aqui), a visita a Catedral Metropolitana de Buenos Aires, o cemitério da Recoleta, Caminito e o espetáculo de tango no antigo Teatro Astor Piazolla. Além desses, vale a pena conferir a Feira de San Telmo (sempre aos domingos) e os bosques e jardins de Palermo. Ah, tem o Obelisco, mas esse, particularmente, eu achei sem graça, em que pese ser um dos cartões postais de Buenos Aires.

 A maior parte das atrações em BA são lotadas de turistas, com filas para fotografar. Então, tenha paciência e não se frustre caso as fotos não sejam iguais as blogueiras e blogueiros famosos na vida real, hahaha.

5.png

5. Faz calor no verão? Que roupa devo levar? Qual melhor época para ir?

 

Sim, no verão é bem quente. Então, não economize em shorts, vestidos, blusas leves, pantacourts, tênis e sandália. Pode levar um casaco leve, pois pode ser que em algum dia de viagem chova e a temperatura caia um pouco, ou se você sair a noite e voltar bem tarde, é sempre bom ter aquele casaco coringa na bagagem. No mais, só verificar como estará o tempo na cidade antes de montar a mala;

Pelas minhas pesquisas, se você não quer passar muito frio no inverno, a melhor época para visitar Buenos Aires é entre os meses de abril e maio, ou de setembro a novembro, pois as temperaturas estão mais amenas, já que são meses de transição entre o inverno e verão.

6.png

6. Como posso me locomover em Buenos Aires?

 

A cidade é maravilhosa para caminhar, o que é ótimo, já que muitos pontos turísticos estão próximos um do outro.

Em geral, quando precisava me locomover por distâncias maiores, fazia tudo de metrô (subte- linhas A, B, C, D, E e H), com passagem custando $19 pesos (R$ 1,11) e também utilizei Uber algumas vezes, serviço que também funciona perfeitamente na cidade, inclusive para ir e voltar do aeroporto.

Além disso, se você curte passeios de bike e patinete, pode aproveitar os equipamentos espalhados pelos milhares de pontos da cidade com o serviço de aluguel, é só fazer download dos aplicativos e seguir o passo a passo indicado nos próprios equipamentos!

Ademais, a cidade tem uma boa e conservada frota de ônibus, fazendo o transporte público ser bastante agradável.

Você também pode alugar um carro, mas como eu adorei caminhar pelas ruas largas da cidade, acho que não vale a pena nesse caso.

8.png

7. Buenos Aires é uma cidade segura? O povo é hospitaleiro?

 

Sim, eu me senti super segura em caminhar pelas ruas em Buenos Aires, e costumava sair pela manhã, e voltar para casa à noite. Obviamente, todo cuidado é pouco com bolsa, celular e dinheiro, como em qualquer lugar do mundo. Inclusive, só fiquei realmente alerta em dois lugares, pois assim foram muito recomendados: Caminito, e dentro da Feira de San Telmo, mas, graças a Deus, não aconteceu absolutamente nada.

Em geral, fui super bem atendida em todos os locais que frequentei e bem acolhida. Todos sempre solícitos ao transmitir alguma informação ou tirar alguma dúvida, mesmo com meu portunhol sofrível.

No mais, Você encontrará muitos brasileiros morando em Buenos Aires e trabalhando em pontos turísticos ou locais movimentados, o que facilitará bastante a comunicação por lá.

7.png

8- Qual a corrente elétrica em Buenos Aires?

 

 A corrente elétrica em Buenos Aires é 220 volts/50 hz, e a tomada é completamente diferente do formato da tomada brasileira. Enquanto o padrão da nossa é o de três pinos redondos, a tomada de Buenos Aires tem três pinos achatados: dois na diagonal, na parte superior e um na vertical, na parte inferior. Ou seja, você precisará de um adaptador universal.

 

9- É obrigatório seguro viagem para a Argentina?

 

Não, mas é como o ditador popular diz: seguro morreu de velho... Por isso, para não ter dores de cabeça no futuro, o mais indicado é contratar um seguro viagem que te deixa tranquilo quanto alguns problemas que podem acontecer durante aquela viagem dos sonhos e estragar todo seu planejamento. Vai por mim, é o melhor investimento da sua viagem!

O seguro viagem garante cobertura para gastos com despesas médicas de urgência e emergência e cobre muitas outras eventualidades, como extravio de bagagem, traslado médico, traslado de corpo (Deus nos livre! Hahaha) e até indenização em caso de acidentes que resultem em invalidez permanente ou morte do segurado.

E para ajudar no orçamento daquela viagem especial, estou disponibilizando aos meus seguidores um cupom de desconto de 5% no seu seguro viagem pelo buscador da SEGUROS PROMO, a melhor empresa para você cotar o seu seguro viagem.

Bastar acessar o site da Seguros Promo, pesquisar a melhor opção de seguro para sua viagem e para o seu orçamento, e ao realizar o pagamento, colocar o cupom AGAROTAVIAJANTE5 para garantir seu desconto!

Ajude essa viajante que vos escreve, faça sua cotação e garanta o menor preço. Todo mundo ganha junto!

Gostou do artigo? Então já compartilha com aquela @ que vai com você para Buenos Aires ou com alguém que precise saber disso!!

Quer saber um pouco mais sobre essa viagem incrível? Segue a @agarotaviajante no Instagram e corre nos meus stories fixados no perfil para visualizar cada passeio que eu fiz por lá!