QUANTO GASTEI PARA VIAJAR PARA O EGITO NO INVERNO?

Costumo dizer que a viagem para o Egito é a típica viagem BBB – boa, bonita e barata!

Realmente, a libra egípcia é muito desvalorizada com relação ao dólar, o que faz seu poder de consumo ser alto, principalmente na época de baixa estação.
Minha primeira viagem aconteceu entre o final de janeiro e inicio de fevereiro de 2019, comprei dólar a R$ 3,90 (três reais e noventa centavos) aqui na minha cidade, aos 45 (quarenta e cinco) minutos do segundo tempo antes de embarcar para São Paulo. Quando cheguei ao Egito, peguei uma cotação de libras egípcias que variava entre 17,5 LE a 16,5 LE.
Não dormi em hostels, preferi sempre que possível estar com motoristas e guias particulares e comi em bons restaurantes, pois tinha medo de alguma intoxicação alimentar.
Se você já está acostumado a dormir em hostels, por exemplo, ou vai em grupo, pode baratear ainda mais sua expedição.
Dentre tudo que me foi oferecido na viagem, o único item caro, para mim, foram as passagens, algo que pode até sair mais barato se você começar a procurar e monitorar os preços com mais tempo.
Comprei as minhas passagens com um pouco mais de 90 (noventa) dias de antecedência, e se quisesse, ainda poderia dividir em 06 (seis) vezes no cartão de crédito, uma facilidade que só nós brasileiros temos.

Na lista de custos que preparei não estão calculados pormenorizadamente os gastos com alimentação, gorjetas, bem como alguns transportes que utilizei durante a primeira viagem.
Eu levei US$ 1.800,00 e voltei com US$ 500 para o Brasil, o que significa que entre alimentação, gorjetas e transporte dentro das cidades, gastei um total de R$ 833,20.
A depender do seu perfil de consumo e dos lugares que frequentar, estipule uma média de R$ 50,00 (cinquenta reais) por dia para gastar com alimentação e bebidas (no mínimo 03 refeições). Em alguns dias, eu gastei bem menos que isso ou nada com alimentação, porque fiquei hospedada em hotéis com meia pensão ou sistema all inclusive.
Quanto ao transporte dentro das cidades, eu utilizei metrô e o serviço do aplicativo da Uber no Cairo. Também utilizei o aplicativo da Uber em Alexandria. As corridas com a Uber nunca passavam de R$ 20,00 (vinte reais) e era muito mais seguro do que andar nos táxis. Estes, só em último caso e depois de muita negociação com os motoristas, já que não se usa taxímetro no Egito e a exploração de turistas por lá é real.

Sou do tipo que gosta de presentear com coisas boas. Certifiquei-me de comprar produtos que fossem de origem egípcia e não made in China. Portanto, gastei um valor considerável com os itens que trouxe para mim, minha família e meus amigos. No entanto, acreditem, ainda assim eu trouxe muitos presentes.

Ah, se gosta de pechinchar, o Egito é o lugar para isso. O valor final que apresentei na planilha foi fruto de muitas negociações com os comerciantes de Aswan e Luxor, hahaha.

Lembre-se que passei 17 (dezessete dias) no Egito. Normalmente, as pessoas passam entre 07 (sete) a 10 (dez) dias para conhecer os passeios que fiz no Cairo, Aswan, Luxor e Alexandria nessa primeira viagem.

 Assim, seu orçamento deverá considerar principalmente a quantidade de dias que deseja viajar, bem como os locais que deseja visitar.

Uma dica valiosíssima para vocês: prefira destinos como Hurghada, Sharm el Sheik e Dahab no verão. A água do mar vermelho é gelada. Você não desfrutará dos passeios e da beleza destas cidades da mesma forma no inverno.

Portanto, se vai viajar no inverno, foque no roteiro eixo Alexandria- Cairo- Luxor- Aswan. Você não vai se arrepender!

O total da minha viagem ao Egito no inverno foi de R$ 9.825,87 (custo das passagens de R$ 3.651,00 + o custo de acomodação, seguro viagem, passeios, guias, transporte e presentes R$ 5.341,87 + 11 dias de alimentação, transporte local e gorjetas R$ 833,00) e foi o melhor investimento da minha vida!
Ah, comecei meu planejamento e organização no final de agosto/2018, isto é, com 05 (cinco) meses de antecedência.
Agora, chega de explicação e confere abaixo a planilha detalhada da minha aventura:

Quer saber um pouco mais sobre essa viagem incrível? Segue a @agarotaviajante no Instagram e corre nos meus stories fixados no perfil para visualizar cada passeio que eu fiz por lá!

©2019 por Shawanna Becker.